//Conectar no XEN Center pelo CentOS 5, 6 e 7

Conectar no XEN Center pelo CentOS 5, 6 e 7

 

Tive muitas dificuldades em executar o XenCenter em uma máquina Linux, por isso estou auxiliando na resolução de um programa que exibem as mesmas informações disponíveis.

Logue-se como root (Caso tenha dúvida clique aqui!)

Em primeiro lugar instale as dependências:

yum install gtk-vnc-python gtk-vnc pygtk2 rrdtool

Faça o download do pacote:

wget https://github.com/OpenXenManager/openxenmanager/archive/master.zip

Etraia o arquivo :

unzip master.zip

Entre no diretório:

cd openxenmanager-master

Execute o script:

python openxenmanager
 CentOS

O CentOS, abreviação de Community ENTerprise Operating System, é uma distribuição Linux de classe corporativa derivada de códigos fonte gratuitamente distribuídos pela Red Hat Enterprise Linux e mantida pelo CentOS Project.

A numeração das versões é baseada na numeração do Red Hat Enterprise Linux. Por exemplo, o CentOS 4 é baseado no Red Hat Enterprise Linux 4. A diferença básica entre um e outro é o fornecimento de suporte pago na aquisição de um Red Hat Enterprise Linux. Em termos de funcionalidade, podem ser considerados sistemas clones.

Embora o CentOS seja bem visado para seu uso em servidores devido a sua estabilidade e robustez, o CentOS não é um sistema exclusivo de servidores. Tem essa fama devido seu foco em recursos estáveis (semelhante ao que o Debian GNU/Linux faz) e as aplicações focados em estações de trabalho e redes por padrão. Ele pode ser usado como uso comum, porém, é necessário a adição de repositórios adicionais que não vem ativos por padrão. Os mais comuns são: (NUX) http://li.nux.ro/repos.html e o (EPEL) https://fedoraproject.org/wiki/EPEL/pt-br.

CentOS proporciona acesso aos softwares padrão da indústria, incluindo compatibilidade com os pacotes de softwares preparados especificamente para os sistemas da Red Hat Enterprise Linux. Isso lhe dá um bom nível de segurança e suporte.

GNU/Linux

GNU é um sistema operacional que é software livre – isto é, respeita a liberdade dos usuários. O desenvolvimento do GNU tornou possível usar um computador sem software que destrua sua liberdade.


Sou Analista de Sistemas Bacharel em Sistemas da Informação, Certificado MCTS 70-680 / MOS, Trabalho como Administrador de Redes e Servidores Windows e Linux! Minhas atividades favoritas são: Caminhar, Fazer Trilhas, Natureza, Insetos e claro ler sobre Tecnologia.